Thursday, November 27, 2014
Register  |  Login
PROJETOS * OURI
     

josemanteigas.jpg
José Manteigas
Coordenador do Projecto

    
  O OURI e o desenvolvimento do pensamento matemático  

O Ouri visa despertar o interesse e mobilizar a actividade do aluno na Matemática. Este jogo, alia raciocínio, estratégia e reflexão, com desafio e competição de uma forma lúdica.

A sua prática contribui para o desenvolvimento da capacidade de formalização de estratégias, memorização e para o desenvolvimento pessoal e social.

Um aspecto importante será o tratamento e a exploração dos temas “Números e Cálculo”, “Probabilidade e Estatística” e “Álgebra e Funções” subjacentes ao jogo.

Ao introduzir o jogo nas nossas escolas pretendemos que os alunos adquiram e desenvolvam em ambiente lúdico e interactivo, e em diferentes contextos (sala de aula, recreio, biblioteca, família, etc.) um conjunto de competências que pensamos relevantes para o desenvolvimento do pensamento matemático:

  • A destreza manual, a lateralidade, as noções de quantidade e de sequência, as operações básicas mentais, aquando da aplicação das regras em cada jogo, por exemplo, o sentido convencional do jogo — sentido anti-horário;
  • O uso de processos organizados de contagem na abordagem de problemas combinatórios simples, por exemplo, os conceitos de chance, de eventos aleatórios, de eventos equiprováveis e não-equiprováveis;
  • A procura de padrões e regularidades e a formulação de generalizações;
  • No contexto numérico, durante o desenvolvimento de cada jogo de forma a encontrar estratégias ganhadoras.

 

Com o Ouri pretendemos promover actividades cooperativas de aprendizagem orientadas para a integração e troca de saberes de uma forma lúdica e em múltiplos contextos.

Syndicate      
  O que é o OURI ?  

O Ouri pertence a uma família de jogos de tabuleiro designados por Mancala. A família do Mancala é muito antiga e a sua origem é incerta, no entanto, admite-se que tenha sido inventado pelos egípcios. Mais tarde, foi introduzido na Ásia, nas Filipinas e na África Negra. No século XVI, através dos escravos negros chegou à América e às Antilhas.

Hoje, joga-se o Mancala em quase todas as regiões africanas. O nome varia de país para país e até de tribo para tribo, com algumas variantes, embora as regras, no essencial, sejam as mesmas. Há regiões africanas onde se jogam variantes em tabuleiros com vários buracos e sementes em número proporcional aos buracos.

Para Cabo Verde, foi levado pelos povos da Costa da Guiné, que foram povoar o arquipélago no século XV.

Os nomes de Oril, Uril, Ori, Oro, Ouri ou Urim, entre outros, coincidem com a especificidade de cada ilha, de Cabo Verde. No continente africano recebe também designações diversas, nomeadamente “awalé ou awélé” (Costa do Marfim) e “N’Golo” (Congo Kinshasa). Das muitas designações que tivemos acesso, decidimos adoptar a seguinte: “Ouri”.

O jogo processa-se sobre um tabuleiro com catorze buracos (doze casas e dois depósitos) e quarenta e oito sementes, ou num tabuleiro com apenas doze casas.

Syndicate      
     
Workshop de Ouri
    
     
Campeonato Distrital de OURI
    
     
Aprender a jogar
    
Quer jogar on-line?

Teste as suas capacidades em jogar OURI.
Pode jogar contra o computador ou então desafiar ou outro jogardor!

Ir para jogo On-line

Clique na imagem e bom jogo!
Home  |  XIV Encontro TIC  |  R21  |  MOODLE  |  GARE  |  MultiPoint Server  |  3D-RED  |  QIM  |  Workshops  |  Documentos  |  Artigos  |  Forum

Copyright 2005-2011 CC TIC «Entre Mar E Serra»